Registros Civis - Itália

ITÁLIA - atualizado em 30/07/2014, confira dicas abaixo!

Antes do ano de 1871, os registros civis eram realizados em paróquias e igrejas na Itália. O Stato Civile (cartório) na Itália começou a existir por volta de 1871, porém o ano varia de cidade para cidade, bem como no Brasil.


DICAS


Se você ainda não leu o artigo Registros Civis - Brasil, dê uma olhadela nele primeiro para entender melhor as variações e as dicas ali contidas para não se confundir. Procederemos em igual modo, em linhas gerais, com adição de novos métodos.


Procedimento por eliminação

Tenha em mente a metodologia: procedimento por eliminação. Teremos muitas informações na Internet, temos sempre de proceder por eliminação, isto é, quanto mais soubermos as datas, nomes e informações, poderemos cancelar de nossas listas com segurança informações que não correspondem aos fatos e às datas.


Conversas com parentes

O primeiro e simples passo é conversar com os parentes da família e investigar possíveis datas, lugares, nomes, sobrenomes, idade dos familiares na época do evento (nascimento, casamento, óbito) e pedir uma busca por possíveis certidões guardadas de parentes. Um simples papel pode ajudar com muitas informações. Às vezes é preciso pressionar os parentes para tal, pois nem sempre estão dispostos a ajudar no momento em que precisamos de ajuda e lembrar-se de eventos passados. 

Neste caso, como estamos falando de uma pessoa italiana, você também deverá perguntar se conhecem a cidade de proveniência na Itália, província e região, data em que chegaram ao Brasil (data de desembarque), em que porto desembarcaram, nome do vapor/navio, com quem vieram, para quem vieram trabalhar (em muitos casos vieram trabalhar em fazendas). Em muitos casos sabemos o nome da província, e em muitos casos, a proveniência não será de uma cidade grande, mas de uma pequena, com poucos habitantes. Conheça as províncias da Itália aqui


Bancos de Dados

Os principais portos de desembarques consultáveis online no Brasil na época da imigração são: Porto de Santos, Porto do Rio de Janeiro, Porto do Espírito Santo. O governo de cada estado coloca à disposição o arquivo público dos registros de desembarque/imigração, clique nos links abaixo para ter acesso e também consulte o artigo que explica como usá-los no menu "Guia às Fontes de Pesquisa.

Arquivo Nacional do Rio de Janeiro - infelizmente o arquivo não é consultável através de palavras-chave, deve-se procurar por listas de desembarques.
Arquivo Público do Estado de São Paulo - o arquivo é consultável com palavras-chave!
Arquivo Público do Estado do Espírito Santo - o arquivo é consultável com palavras-chave!
Arquivo Público Mineiro - o arquivo é consultável com palavras-chave!

Lembre-se: você pode usar o Family Search para pesquisar registros de cartórios, paróquias, de desembarque, e outros registros civis também. No mundo todo! Para consultar em todo o acervo, digite o nome inteiro ou sobrenome, com variações visto que pode haver erros de grafia. É possível consultar diretamente as folhas de registros. Além do mais, você também pode se voluntariar para a indexar registros, catalogá-los online e assim contribuir para que engrandeçamos este grande projeto online gratuito! De nada vale absorvermos conhecimento se não podemos compartilhá-lo com o mundo! Saiba mais aqui!

Não se deixe enganar: em linhas gerais, o porto de desembarque é no estado onde a pessoa acabou por residir, mas o mesmo pode ser falso: minha trisavó por exemplo, desembarcou no Rio de Janeiro, porém veio para o interior de São Paulo! Fique atento!

Você sabia que a região de Vêneto na Itália é a região onde mais houve emigrações, totalizando mais de 300 mil emigrantes? E para nosso benefício, existe um banco de dado online para pesquisas os emigrantes da região: Emigrazione Veneta. Mas não quer dizer que todos os emigrantes foram registrados ali.

Para outros bancos de dados, verifique sempre as listas na lateral do Blog!


Localizando o parente italiano

Se você não sabe por onde começar, tente pesquisar no Gens, inserindo o sobrenome do italiano e analisando em que local da Itália há maior incidência. Dê zoom no mapa para chegar mais próximo às possíveis regiões de proveniência. Com sorte o sobrenome será bem individualizado numa determinada região. Isso pode nos ajudar a direcionar a pesquisa das certidões italianas aos cartórios (Stato Civile), Archivi di Stato e paróquias daquela região.


Alistamento Militar e "Archivi di Stato"

Se no seu caso seu parente for homem, temos um outro artifício a ser usado: consultar listas de alistamento militar. Se você sabe o nome do italiano, mas lhe falta a data, é um bom uso a ser feito. No meu caso, eu descobri a data de nascimento do meu trisavô estimando-o mais ou menos e solicitando uma busca no

Neste caso, você deverá pesquisar no Google os respectivos "Archivi di Stato", com termos como "Archivio di Stato Padova", "Leva militare Padova" ou então encontrá-lo aqui! Alguns deles, como o Archivio di Stato di Padova, possibilitam a pesquisa direta dos registros online, com um cadastro gatruito no site, isso quer dizer que as informações não serão aparecerão em pesquisas no Google. 

Um registro de alistamento militar (leva militare) pode conter informações como: nome completo do italiano, filiação (nome do pai e da mãe), data de nascimento do italiano, comune (cidade) de proveniência e de alistamento, profissão, e até mesmo características pessoais, tais como: estatura, medida do tórax, cor e forma dos cabelos, cor dos olhos, se os dentes são saudáveis, se ele sabe ler e escrever, etc.

Dica: algumas vezes, os registros de alistamento militar são registrados em cidades maiores, compreendendo também aqueles de cidades menores, por exemplo, o Archivio di Stato de Padova compreende registros das províncias de Pádova e Rovigo, ou seja, registros de outras cidades da província. Tal centralização opera a nosso favor, uma vez que saibamos somente o nome da província, neste caso não devemos nos preocupar em pesquisar nos registros de toda pequena cidade da província.


Estimativas

Se você não tem certeza da data de nascimento do seu parente italiano, estime datas, leve em consideração uma regra geral, quanto mais for antigo seu parente (isto é, se por exemplo você estiver atrás da certidão do seu trisavô italiano), mais cedo ele poderá ter nascido / se casado, especialmente no caso de mulheres. No meu caso minha trisavó se casou aos 16 anos, meu trisavô aos 26 (o que seria um pouco tarde, mas isso foi devido a outro casamento dele na Itália), porém o registro foi feito no cartório no Brasil, visto que se casaram no ano de 1893. 

Você pode fazer contagens regressivas, partindo das datas conhecidas, e ir estimando datas em modo retroativo: se você sabe a data de nascimento do seu avô, estime a data do nascimento do seu bisavô, e depois do trisavô. Como? Considere quaisquer datas de parentes, de irmãos do seu avô, isso tudo ajuda na hora de estimar a data de nascimento do seu bisavô. Você pode supor, por exemplo, que da data de nascimento do seu avô, seu bisavô nasceu pelo menos cerca de 16/18 anos de distância antes e que se casou antes do nascimento dele. Outra regra geral é que nenhum filho terá nascido antes de um casamento. 


Pesquisas na Internet

Consulte o nome e sobrenome em parênteses no Google e analise os resultados. Às vezes você pode ser redirecionado a sites e bancos de dados ou podem aparecer informações em outros sites de genealogia, de óbitos, etc. Lembre-se de considerar sempre várias grafias, sejam estas corretas ou erradas! Essas informações podem te levar a estimativas mais concretas, ou até mesmo às datas corretas!


Pedidos de buscas das certidões

Há muitas empresas online encarregadas em fazer pesquisas de certidões para você, cobrando uma taxa para isso. Mas acredito que se você está lendo este artigo é porque você já sabe que na maioria das vezes, nós mesmos podemos fazer o serviço, certo?

Isso quer dizer que: você terá situações em que poderá pedir aos cartórios (Stato Civile) e paróquias para que realizem buscas das certidões gratuitamente, para isso você deve sempre indicar o ano da possível data ou um período curto. Jamais diga um período de 15, 30 anos, ninguém irá ler centenas de registros por você, por isso procedamos com fundamentos. 

Na Itália, em tais instituições não cobram nada para realizar pesquisas, porém podem demorar muito tempo. 

Demoraram 3 meses para me confirmarem e enviarem a certidão de nascimento até o Brasil. Em outras buscas que realizei, recebi respostas de e-mails após 1 ano da data da solicitação de pesquisa. Por isso, se puder, ligue diretamente e retorne a ligação outro dia para cobrar a pesquisa.

Já recebi certidões de graça da Itália, sem cobrarem 1 centavo, mas em contrapartida, uma vez paguei 20 euros (que custou mais de três vezes este valor em reais) para uma certidão. Geralmente podem mandar de graça, é preciso estar atento a não acordar um envio com algum espertalhão que queira te cobrar por algo que não custa tanto assim. Vale reforçar a importância de uma ligação e o esclarecimento dessas questões.


Cartórios (Stato Civile)

Você pode consultar o cartório da cidade na Itália aqui, selecionando a província, depois a cidade, e clicando em cima do site oficial da cidade (sito ufficiale). No site da cidade, busque por alguma opção de serviços online e similares, até achar a opção Anagrafe e Stato Civile, haverá sempre um e-mail para o qual escrever para solicitar a busca da certidão do seu antepassado, lembrando que eles só executam pesquisas com datas bem aproximadas ou exatas.


Paróquias

Na Itália o caso mais trabalhoso também pode ser encontrar as paróquias onde os registros antigos se encontram, por não terem muitos sites de informações com e-mail. 

Pesquise as paróquias das cidades italianas aqui! Selecione o nome da cidade (città) e pesquisa (cerca). Se a cidade for pequena, poderá haver poucas paróquias para as quais recorrer, porém se for uma cidade muito importante, conhecida e grande, haverá muitas paróquias nela, dificultando um pouco a busca. Lembrando que as paróquias só executam pesquisas com datas bem aproximadas ou exatas. Exemplo da busca:

Sono 25998 le parrocchie registrate - Risultati ricerca: da 1 a 10 di 61
1S. Michele Arc. in Bagnolo di Forlì (FO)
Via Borgo Sisa, 1, 47010 Bagnolo di Forlì (FO)
2S. Martino in Barisano di Forlì (FO)
Via Voltuzza, 6, 47010 Barisano di Forlì (FO)
3S. Giovanni Battista in Branzolino di Forlì (FO)
Via Montanari, 20, 47010 Branzolino di Forlì (FO)
4S. Maria Assunta in Carpena di Forlì (FO)
Via Raggi, 388, 47010 Carpena di Forlì (FO)
5S. Maria del Carmine in Carpinello di Forlì (FO)
Via Cervese, 229, 47010 Carpinello di Forlì (FO)

Ao clicar em cima do nome da paróquia, poderá haver algumas informações como site da paróquia, telefone, endereço e e-mail do pároco ou da cúria, porém é difícil encontrar o site e e-mail dos responsáveis pela busca de registros. Portanto, é viável jogar o nome da paróquia no Google, até encontrar alguma informação útil, como o próprio site da paróquia, nome do pároco, e então tentar descobrir seu e-mail. Ou há a opção de ligar diretamente para a paróquia e perguntar se há algum e-mail para o qual enviar uma solicitação de busca de certidão ou solicitá-lo por telefone mesmo. Porém, neste ponto, você já deverá saber o nome e sobrenome do italiano, possível filiação e possível data de nascimento. 

Não se esqueça de verificar seja online seja por telefone, o ano de instalação da igreja/paróquia, que já pode te ajudar a riscar da lista ou considerá-la na busca. Se a data do parente que você procura for muito anterior ao ano de instalação, talvez seja conveniente passar para outra paróquia.

É possível encontrar as paróquias pelos sites das dioceses da região, pesquisando “diocesi di (nome da cidade)” no Google, ou verificar a lista de dioceses no Wikipédia, logo abaixo:


Diocesi in Italia


Nenhum comentário:

Postar um comentário