Vida em Forlì

Por que eu estou na Itália? Qual é a minha história? Por que Forlì?

Ciao, mi chiamo Roger, piacere!

Ao contrário de que muitos pensam, meu propósito em vir à Itália inicialmente não foi reconhecer minha cidadania italiana, ainda que tivesse isso em mente, porque o processo de retificação de minhas certidões ainda estava em andamento no Brasil. Eu decidi vir à Itália para inicar uma graduação em Relações Internacionais aqui, portanto eu cheguei à Itália em agosto de 2013, já que o calendário acadêmico começa sempre no final de setembro, assim teria tempo de conhecer a cidade e já ir me adaptando à vida italiana.

Antes disso, em abril de 2013 eu recebi a confirmação de que ganhei uma bolsa de estudos à qual tinha me candidatado para iniciar a graduação em Scienze Internazionali e Diplomatiche em Forlì. Foi o melhor dia da minha vida: 22 de abril de 2013. E eu mal sabia tudo o que me aguardava por aqui, todas as oportunidades que teria, pois até então nunca tinha estado no exterior e, de repente, já me vejo indo para fora com algo tão importante a realizar na minha vida. Era meu sonho estudar aqui, e eis que este sonho está quase "se formando" na universidade.

Quando deixei o Brasil, a única certeza é que eu estudaria na Universidade de Bolonha, e não estava pensando em nada sobre a cidadania italiana naquele momento, pois é impossível pensar em duas coisas imensas assim ao mesmo tempo. Então eu vivi o momento e vim para cá, iniciei a faculdade, completei meu primeiro ano em Forlì, e tive a oportunidade de fazer intercâmbio acadêmico de 1 ano em Budapeste, na Hungria, e agora estou terminando meu terceiro e último ano acadêmico em Forlì em julho de 2016.

No começo de 2015 recebi a notícia que o processo de retificação com a advogada ficou pronto no Brasil e então minha família no Brasil, com minha coordenação, juntou os documentos, enviou ao ERESP, mandou traduzir e legalizou os documentos no Consulado de São Paulo, até me mandar tudo na Itália, tudo isso aconteceu em mais ou menos 4/5 meses. Mas eu não estava na Itália, então aguardei meu retorno para realizar meu outro sonho, reconhecer minha cidadania italiana, o que se concretizou em outubro de 2015.

FORLÌ

Quando cheguei a Forlì, não tinha muita gente nova in giro (por aí), como você também descobrirá se optar por vir aqui, pois era agosto, parte das vacanze d'estate (férias de verão: julho, agosto, setembro). Na Piazza Saffi (Praça Saffi, a principal), praticamente non c'era un cane (não tinha ninguém), mas eu nem percebi, estava ainda muito surpreso com tudo.

Forlì tem em torno de 120.000 habitantes. É uma cidade pequena, às vezes muitíssimo pequena. A Universidade de Bolonha tem sedes em várias cidades na Emilia Romagna, em Forlì, Cesena, Ravenna, Rimini, e a sede principal em Bologna. E por incrível que pareça, também em Buenos Aires na Argentina. Em Forlì há as Faculdades de Economia, Engenheria e Arquitetura, Línguas / Literatura / Tradução e Interpretação e Ciências Políticas. Muitos estudam línguas por aqui, principalmente porque a grade curricular dos cursos exigem que o estudante fale outros idiomas, e você vai se surpreender com a quantidade de pessoas que falam ou estão aprendendo português.

Eventos e Atrações
120.000 habitantes? Sim, que muitas vezes se escondem não sei onde. Eventos como o Mercoledì del Cuore, que acontece em junho e julho, prometem tirar as pessoas de suas casas, e você verá que de fato muita gente mora em Forlì.

Outro evento bem legal para pessoas que querem praticar outro idioma e conhecer outras pessoas/culturas é o Aperitandem, do qual participo às vezes, ele acontece todas as terças-feiras em algum bar/pub da cidade, você compra uma bebida e tem direito ao aperitivo, mas se quiser ir ao evento sem consumir, também é possível.

Há alguns pubs/bares famosos na cidade, especialmente entre os jovens, como o Oltremodo, onde há também um karaokê com muita gente animada cantando, o Cosmonauta, onde se realiza o Aperitandem este ano, o Abbey, entre outros.

O legal de morar numa cidade pequena é que todas as vezes que você sai, você com certeza encontrará algum conhecido, amigo ou inimigo in giro, isso te dá a impressão que todos conhecem todos na cidade, é um sentimento legal e perigoso ao mesmo tempo, dependendo do que você gosta de fazer in giro na cidade. Há sempre alguma coisa acontecendo no Corso della Repubblica (uma das ruas principais)...

Na cidade há alguns museus também, o Museo San Domenico, Museo del Risorgimento, etc., e o teatro da cidade é o Teatro Diego Fabbri.

Para uma lista completa de parques na cidade, você pode consultar aqui, os principais são o Parco Urbano (conhecido também como o parque dos coelhos) e o Parco della Resistenza.

Há uma pista ciclabile (ciclovia) que vai de Forlì até outras cidades, como Forlimpopoli e Bertinoro, a uns 18 km de distância, é uma pedalada de 25 minutos até lá, então atividades como essa podem ser interessantes para quem gosta de se aventurar por aí de bicicleta. Eu fui pela primeira vez lá de bicicleta esta semana, é totalmente seguro o percurso. Você pode consultar este e outros percursos no Romagna.net, no Piste Ciclabili Comune di Forlì e no Piste Ciclabili.

Se você gosta de praticar esportes, há alguns lugares destinados ao esporte na cidade, tais como a piscina comunale (piscina da cidade), campi da tennis (quadras de tênis), campi da basket (de basquete), campi da calcio (de futebol), campi da rugby, etc., tudo consultável neste link.

Temperatura em Forlì
Quanto à temperatura, no verão faz muito calor, e no inverno não faz tanto frio quanto imaginei. No verão passado lembro-me que fez em torno de 36/37 graus em Forlì, com sensação térmica de às vezes quase 50 graus, de acordo com o AccuWeather no meu celular. Só me lembro de acordar suando, ir dormir suando e ficar o dia todo suando, foi uma sensação tão marcante que eu acredito que passei mais calor na Itália do que no Brasil. Não, eu não tinha ventilador. Os meses mais quentes são junho e julho. Neste inverno não nevou, não que eu tenha percebido pelo menos. A temperatura mais baixa geralmente chega a 0 graus e às vezes até -5 graus, menos do que isso é raro, e a humidade é muito alta. Neste ano de 2016 em fevereiro e março já houve alguns dias onde estranhamente fez mais de 15 graus, o que me permitiu até dizer que tomei sol no Parco Urbano, outra atração na cidade, eu bronzeado no inverno. Há muitos dias ensolarados, pelo menos isso, dias com névoa, nublados são em menor quantidade. Dias chuvosos são razoáveis, e dias de tempestades com trovões, eu realmente não me lembro deles, sinto falta do barulho de trovões.

10 comentários:

  1. Parabéms mais uma vez, Roger!!! Texto muito bem escrito, informações interessantísssimas e úteis!! Parabéns pela sua trajetória e conquistas, por estar realizando os seus sonhos!! E, ainda por cima, de maneira tão generosa, compartilhando tudo isso com a gente. Informações e inspirações!! Generosidade, a palavra da nova mentalidade! Isso só vai atrair cada vez mais coisas boas para a sua vida. com certeza!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nádia! Eu só fico feliz em saber que muitas pessoas estão conseguindo realizar os sonhos delas também seguindo meus conselhos, não há sensação melhor! Obrigado mais uma vez!! :)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Roger! Cheguei na Itália ontem e, vendo seu blog, fiquei interessada em fazer em Forlì, vi que tem muitos quartos no Easystanza. Você acha que o prazo hoje em dia ainda está em torno de 2-3 meses? Grazie!! Anita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anita! Legal! Benvenuta! Em que cidade você está? Se for uma cidade pequena, às vezes compensa fazer aí também... acredito que em Forlì demore de 1 a 2 meses no máximo... não deve ter muita demanda por aqui.... Abraços! :)

      Excluir
    2. Oi, Roger, obrigada pela resposta! Estou hospedada em Bologna, bem grande aqui, acho que demorará muito! Que legal, vou visitar a cidade então. A oficial me respondeu mas não olhou meus documentos (disse que estão com falta de funcionários e problema de organização, por isso só olha os originais), nem deu um prazo. Fiquei meio com um pé atrás agora, por isso. Mas parece uma boa opção, pela quantidade de quartos pra alugar e dividir aptos com universitários! :)

      Excluir
    3. Oi Anita! Sim, talvez demore um pouco mais que Forlì... espero que você já tenha conseguido dar início ao processo de reconhecimento... Você acabou fazendo em Forlì mesmo? Abraços! :)

      Excluir
  4. Oi Roger. Seu blog é sensacional. Muitas informações úteis. No entanto, ainda tenho algumas dúvidas, especialmente relativas a aluguéis, pois vou com a família e em pesquisas tenho notado que não há imóveis disponíveis por até 3 meses de aluguel. Os prazos são maiores. Vc pode me indicar alguma imobiliária que faça este tipo de contrato? Podemos trocar informações por email?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jociane! Geralmente é difícil mesmo alugar só por esse período... meu conselho seria que você tivesse tentado vir nas férias da faculdade, pois vários estudantes voltam para casa e então os apartamentos ficam desocupados durante os meses de final de junho, julho, agosto e setembro... seria o período ideal... eu não conheço nenhuma imobiliária que faça esse tipo de coisa, mas acredito que no seu caso você deveria alugar algo no AIRBNB ou no EASYSTANZA, pois com imobiliária você pagaria mais taxas.... Abraços!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabio! Tudo ótimo, espero que esteja tudo bem com você também!! :)
      O comune não está interessado onde você conseguiu seu aluguel, basta o dono do apartamento permitir que você utilize o endereço assinando o formulário de declaração de residência...
      Não precisa da presença do proprietário, basta que ele ou ela assine o formulário e te dê a cópia da identidade dele ou dela...
      Espero que dê tudo certo!! Abraços!!

      Excluir